Como organizar o relógio biológico no horário de verão

Como organizar o relógio biológico no horário de verão.

Como organizar o relógio biológico no horário de verão.

horário de verão

O horário de verão chegou e o que fazer para nos adaptarmos?

horário de verão

Algumas pessoas adoram, outras nem tanto. A verdade, é que ninguém escapa de uma adaptação e nos primeiros dias o corpo sente algumas mudanças . O novo horário diminui uma hora do nosso dia e aumenta o cansaço e a indisposição.

Principalmente nas primeiras semanas, acabamos dormindo menos do que gostaríamos. E as consequências logo aparecem:

  • Queda na imunidade, que pode acabar resultando em resfriado ou gripe.
  • Cansaço e sonolência.
  • Queda no rendimento, no aprendizado e na memorização.
  • Irritabilidade e mau humor pela manhã.

Isso tudo ocorre porque o horário de verão afeta nosso relógio biológico e causa alteração na secreção de um hormônio chamado melatonina. Esse hormônio tem como principal função regular o sono, ou seja, em um ambiente escuro e calmo, os níveis de melatonina do organismo aumentam, causando o sono. Como esse hormônio só é liberado no escuro, quem acorda enquanto ainda está escuro ou dorme tarde, estando nos dois momentos sob o foco de luz, têm produção de melatonina comprometida.

As pessoas que menos sofrem com a mudança do horário de verão, são as que conseguem estabelecer uma rotina mais rápida de sono, alimentação e compromissos no horário novo.

O corpo leva cerca de 2 semanas para se adaptar ao horário de verão, mas é possível levar uma rotina normal seguindo algumas dicas.

Saiba o que fazer para se adaptar ao horário de verão:

  • Tome banho pela manhã. O banho tira o cansaço e dá mais disposição para enfrentar as atividades do dia a dia.
  • O banho tem também um efeito relaxante. Tome um banho à noite, coloque seu pijama e vá para cama. Se você achar demais tomar dois banhos, teste os dois e verifique qual produz melhor efeito.
  • Faça exercícios físicos durante o dia. Os exercícios físicos à noite causam excitação.
  • Vá ajustando gradualmente seu horário de dormir. Não queira dormir, de um dia para o outro, uma hora antes. Nos primeiros dias, vá 10 minutos mais cedo para cama. Nos dias subsequentes, vá 15 ou 20 minutos, depois meia hora, até conseguir dormir uma hora mais cedo.
  • Elimine qualquer foco de luz à noite, mesmo de celulares e computadores, para não comprometer a produção de melatonina.
  • Evite a ingestão de alimentos ou bebidas com cafeína e outros estimulantes, assim como de bebidas alcoólicas.
  • Faça uma refeição leve antes de dormir. Estômago cheio pode causar desconforto e azia.
  • Avalie o conforto do seu travesseiro e colchão. Se estiverem deformados, podem comprometer sua noite de sono revigorante.
  • Não leve trabalho para casa, menos ainda problemas para a cama.
  • Crie uma rotina para dormir, que pode incluir vários itens mencionados acima, além de exercícios de relaxamento, leitura de um livro ou um copo de leite morno.
  • Procure acordar e dormir sempre no mesmo horário.
  • Seja organizado nas tarefas do dia a dia. A organização produz sensação de bem-estar e de dever cumprido, deixando-o mais tranquilo para dormir à noite.

 

Compartilhe essa matéria:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *